Bem-vindo: Dom, 24 de Setembro 2017, 15:07 Pesquisa avançada

Exército Brasileiro usa o Ubuntu

Você encontrou o Ubuntu em algum sítio? Num filme, na TV ou até num computador público? Então partilhe aqui as imagens/vídeos!

Re: Exército Brasileiro usa o Ubuntu

Mensagempor Pergentino » Qui, 18 de Julho 2013, 19:02

eriberto (18-07-2013, 18:56) escreveu:Por favor, não é de bom tom dizer que eu falei algo que realmente não falei, dando a entender que conversei com alguém nos bastidores. Só quis ser gentil e ajudar. No entanto, dessa forma, será melhor me retirar.



Desculpe, mas não entendi essa parte?

Quem falou da entrevista foi O capitão André Victor,
Ele deu essa resposta ao ser perguntado se poderia falar mais sobre o assunto!

"André Victor) Maudy T. Pedrão, eu sou só um usuário e gosto do Ubuntu. Não tenho muito conhecimento sobre o assunto. Mas se quiser, posso ver se o responsável pela seção de informática aqui do quartel pode te dar essa entrevista. O cara é fera, colocou todos os servidores em linux, inclusive esse do SIMATEX, que era um tabu até para os programadores do sistema."
Avatar do usuário
Pergentino
 
Mensagens: 83
Registrado em: 23 Junho, 2012

Re: Exército Brasileiro usa o Ubuntu

Mensagempor Xterminator » Qui, 18 de Julho 2013, 19:37

Só tenho que me desculpar pelas confusão nos DCTs, não foi nada tão grave assim ;-)
Lembrei-me do episódio de 2004 e coloquei aqui pois uso Linux desde 2000 e sempre acompanho diversas notícias relativas a implementação do Software Livre no Brasil e no Mundo, pois vejo como a melhor forma de inclusão social em que todos podem realmente se beneficiar.

Creio que então a distro só poderia ser distribuída internamente, pois vai contra a política de distribuição da Canonical, a não ser que tenha a permissão para isto.
http://www.canonical.com/intellectual-property-policy

Então peço desculpas ao Eriberto por ter citado o nome dele sem necessidade, fazendo-o ter que aparecer aqui para desfazer o meu equívoco, mas estávamos necessitando de uma discussão deste tipo :-)
Avatar do usuário
Xterminator
 
Mensagens: 505
Registrado em: 26 Julho, 2012
Localização: Hortolândia - SP / Brasil

Re: Exército Brasileiro, usa Ubuntu

Mensagempor Cachorro do Dráculla » Qui, 18 de Julho 2013, 23:03

Claudio Novais (18-07-2013, 15:00) escreveu:Super interessante tanto a iniciativa do Pergentino como essa informação Xterminator!

E achei ainda mais interessante um misto que quiseram fazer (penso eu pelo que entendi) entre o pai e o filho, o Debian e o Ubuntu. Já para não falar do facto da pro-atividade demonstrada por parte desse Capitão do Exército, em dar-se ao trabalho de dialogar sobre o assunto!

Muito bonito de se ver tal situação! :OK:


O militar do Exército Brasileiro, na verdade é um General de Divisão, militares piram quando são rebaixados, sendo oficial general então, segue link com comparação entre os postos e graduações das FFAA. do Brasil

http://pt.wikipedia.org/wiki/Hierarquia_militar_(Brasil).
Avatar do usuário
Cachorro do Dráculla
 
Mensagens: 16
Registrado em: 12 Maio, 2013

Re: Exército Brasileiro usa o Ubuntu

Mensagempor Claudio Novais » Sex, 19 de Julho 2013, 12:12

@Cachorro do Dráculla,

Como eu não percebo nada dessas hierarquias acho que tenho desconto, não? :desdentado: Mas sim, aqui em Portugal acho que isso é semelhante e natural visto que subir na hierarquia é muito esforço aplicado! ;)

@Eriberto,

Que ótimo não só ver alguém do exército a esclarecer um pouco aqui no fórum, mas também tudo isso que se passa no exército, de se centrarem no Ubuntu e Debian. De facto são sistemas muito bons, aliás, basta ver que este forum e o blog recebem milhares de visitas por dia numa máquina com poucos recursos. Tenho as minhas dúvidas que um sistema Windows, como servidor, conseguisse tal proeza com tão boa performance. Mas nisto também não sei ao certo.

O que achei "piada" foi nos comentários pela internet sobre este tópico referindo que de facto o exército faz bem visto que o Windows é proprietário e norte americano e que portanto pode ter alguma ligação com a NSA (basta procurar as últimas notícias sobre estes temas). Tal como tenho dito, custa-me muito a crer que o Windows seja uma "vulnerabilidade propositada" ao nível da confidencialidade do utilizador, neste caso do Exército, no entanto, usar um sistema livre com esse objetivo é sempre uma vantagem visto que o ser proprietário torna-se quase impossível de se garantir qualquer coisa quando falamos de sistemas complexos.
Avatar do usuário
Claudio Novais
Editor do Ubuntued
 
Mensagens: 16869
Registrado em: 25 Maio, 2011

Re: Exército Brasileiro usa o Ubuntu

Mensagempor silverio » Sáb, 20 de Julho 2013, 2:23

Parabens ao forum pela divulgação desta informação.

No entanto, gostaria de ressaltar a importante participação do Major Eriberto, pelas esclarecedoras informações, primeiro da sigla DCT ( Departamento de Ciencia e Tecnologia ) do Exército Brasileiro, e demais informações prestadas. Aproveito para parabenizar publicamente o Major Eriberto pela grandiosa contribuição que prestou e continua a prestar ao Software Livre no Brasil, através de suas ações dentro e fora do Exército. Ainda nao tive o privilégio de conhecer pessoalmente esta lenda viva da tecnologia no Exército, mas tenho relatos de sua personalidade, humildade e prestabilidade são algumas de suas marcas.

Entretanto, falando como o responsável pelo primeiro Batalhão do Exercito totalmente migrado pra linux, 24º Batalhão de Caçadores, 2002, São Luís do Maranhão e pelo único Hospital do Brasil totalmente em linux, migrado em 2005, Hospital Geral de Fortaleza, Fortaleza-CE, Hospital do Exercito onde sirvo até hoje, aproveito para acrescentar algumas colocações.

O Exército Brasileiro assumiu o compromisso, na adoção do software livre, com a economia do dinheiro público, a segurança, a facilidade de manutenção, flexibilidade e demais vantagens que já conhecemos. Inicialmente, a quem costumamos chamar de pai do linux no Exército, o Maj Eriberto desenvolveu o mais importante trabalho rumo a essa conquista e a quebra dos paradígmas. Criou as primeiras diretrizes e um forum interno do Exercito, que permitiu a interação entre os talentos isolados que surgiam dentro da força, naquele forum podiamos compartilhar as experiencias de sucesso, mostrar que podia ser feito e como podia ser feito.

Foi exatamente nessa época que surgiu o ubuntu. Naquele momento tinhamos como principal ferramenta o kurumin, em alguns casos particulares eu utizava alguma outra distro que me permitisse resolver algum problema específico. De início o ubuntu nao teve espaço, pois os scripts do kurumin eram uma mão na roda e permitia facilmente remasterizar personalizações para uso interno do Exército. A experiencia aumentava e militares de diversas partes produziam suas remasterizações de maneira a auxiliar os que ainda estavam realizando migração, fornecendo a estes soluções estáveis com um minimo de exigencia de conhecimento no SO. Enquanto isso o Projeto Ubuntu crescia e amadurecia, tomando conta do mundo. Esse amadurecimento e a morte das distro como kurumin, kalango, conectiva e outras, fez com que o ubuntu se tornasse a ferramenta mais viável na migração da Força Terrestre do Brasil, sendo adotada pelos talentos individuais que se revelavam no interior das organizações militares, estes de diversos postos e graduações, de soldado a coronel, os apaixonados por tecnologia aderiam ao linux e se dedicavam na missão de migrar todas as unidades do Exercito para o software Livre.

Apesar de largamente utilizado, o ubuntu não é a única distro utilizada, a exemplo do Hospital que trabalho, que utiliza atualmente o Fedora, opção do pessoal do setor de informática, ao qual não pertenço mais.

Finalizando meu post, quero deixar aqui o registo de que o compromisso do nosso Exército é com a Pátria, promovendo economia, segurança e desenvolvimento, com a entrega a cada ano de milhares de soldados, que servem as nossas fileiras, de volta a sociedade, com novos conhecimentos em software livre, tornando-os cidadãos mais aptos ao novo mercado de trabalho que cresce com o amadurecimento do software livre. Esse desenvolvimento ocorre também no seio das famílias dos militares de carreira, que se acostumaram com linux no trabalho e estenderam aos computadores da residência o uso do mesmo.

***Sou o 1º Sargento LUIZ ANTONIO DE OLIVEIRA SILVÉRIO. nome de guerra SILVÉRIO, desenvolvedor PHP+MARIADB, usuário de linux desde 2000 com o redhat, atualmente utilizo UBUNTU 13.04 e slackware, meu filho mais velho (14) usa mint, o mais novo (12) usa Ubuntu e minha esposa o Fedora 19. Familia livre - falimia feliz. *****

Abraço a todos.

silverio
 
Mensagens: 2
Registrado em: 20 Julho, 2013

Re: Exército Brasileiro usa o Ubuntu

Mensagempor silverio » Sáb, 20 de Julho 2013, 2:38

Pergentino (18-07-2013, 19:02) escreveu:
eriberto (18-07-2013, 18:56) escreveu:Por favor, não é de bom tom dizer que eu falei algo que realmente não falei, dando a entender que conversei com alguém nos bastidores. Só quis ser gentil e ajudar. No entanto, dessa forma, será melhor me retirar.



Desculpe, mas não entendi essa parte?

Quem falou da entrevista foi O capitão André Victor,
Ele deu essa resposta ao ser perguntado se poderia falar mais sobre o assunto!

"André Victor) Maudy T. Pedrão, eu sou só um usuário e gosto do Ubuntu. Não tenho muito conhecimento sobre o assunto. Mas se quiser, posso ver se o responsável pela seção de informática aqui do quartel pode te dar essa entrevista. O cara é fera, colocou todos os servidores em linux, inclusive esse do SIMATEX, que era um tabu até para os programadores do sistema."


Caro Pergentino, o primeiro a rodar todos os sistemas do Exército em linux foi o Sargento Silvério, este que vos fala, em 2002 no 24º BC, inclui-se aí o simatex, que agora evoluiu e se chama SISCOFIS e o SIAFI, que esse sim, era considerado impossível na época até pelo SERPRO, que foi chamado pelo 52º Centro de Telemática do Exercito e seus técnicos afirmaram que nao era possivel a impressão dos relatórios, o que foi alcançado por nós e divulgado internamente no NEWS do Exército.
Esse sistema, SIMATEX, exigiu naquela época a modificação de alguns arquivos do WINE, hoje com o amadurecimento do WINE isto ja nao é mais necessário. Devido a sua importância, ao seu porte e a sua atual facilidade de emulação, ele ainda nao foi migrado, mas como todos os demais sistemas, em breve deverá ser substituído, dando continuidade ao excelente trabalho realizado pelo DCT ( Departamento de Ciência e Tecnologia do Exercito) e CDS Centro de Desenvolvimento de Software, também um Órgão do Exercito Brasileiro

silverio
 
Mensagens: 2
Registrado em: 20 Julho, 2013

Re: Exército Brasileiro usa o Ubuntu

Mensagempor Claudio Novais » Sáb, 20 de Julho 2013, 14:56

Olá @Silverio!

Ficou muito feliz em ver toda esta participação aqui no fórum, da vossa parte principalmente! É incrível como a boa vontade das pessoas que normalmente trabalham no mundo open-source se vê claramente nestas situações. Normalmente o peso da indústria retrai as pessoas que trabalham em sistemas proprietários.

Sobre o seu caso em específico fico mesmo contente em saber que você lutou um pouco contra todos para implementar algo (Ubuntu) que na altura era consideravelmente diferente do que é agora. As coisas eram não só difíceis como altamente problemáticas devido à falta de drivers.

Por isso, de entre os vários motivos mas principalmente por este, dou-lhe os meus sinceros parabéns! Tenho a certeza que você sente orgulho em saber que foi um dos pilares para a construção de algo que é realmente benéfico para o país -- a sensação real de patriotismo aplicado. Aliás, tenho sérias dúvidas que esta sensação normalmente seja sentida pela grande generalidade dos políticos [de quase qualquer país].

Por fim, resta-me dizer que gostava não só de vê-lo a participar mais por cá como também, se possível, apresentar conteúdos adicionais relativos a esta vertente do exército. Não estou a sugerir falar sobre situações que possam diminuir a segurança, mas simplesmente comentar este assunto que, como deve ter visto, tornou-se relativamente viral pela Internet! ;)
Avatar do usuário
Claudio Novais
Editor do Ubuntued
 
Mensagens: 16869
Registrado em: 25 Maio, 2011

Re: Exército Brasileiro usa o Ubuntu

Mensagempor Rafael Schonberg » Dom, 21 de Julho 2013, 18:55

Como é no Exército Português?
O homem não consegue descobrir novos oceanos se não tiver a coragem de perder de vista a costa. — André Gide
Avatar do usuário
Rafael Schonberg
 
Mensagens: 901
Registrado em: 19 Novembro, 2012

Re: Exército Brasileiro usa o Ubuntu

Mensagempor CelticWarrior » Dom, 21 de Julho 2013, 19:20

Rafael Schonberg (21-07-2013, 18:55) escreveu:Como é no Exército Português?


Imagino que igual ao do Estado Espanhol com licenças Microsoft.
Galiza Nação!
Avatar do usuário
CelticWarrior
 
Mensagens: 136
Registrado em: 16 Julho, 2013

Re: Exército Brasileiro usa o Ubuntu

Mensagempor nuno_nunes » Dom, 21 de Julho 2013, 23:50

Rafael Schonberg (21-07-2013, 18:55) escreveu:Como é no Exército Português?


O exército português deve ter licenças do windows por causa do acordo que o governo assinou a uns anos quando o tio bill veio a portugal
Avatar do usuário
nuno_nunes
 
Mensagens: 3931
Registrado em: 28 Maio, 2012
Localização: Pampilhosa da Serra - Portugal

AnteriorPróximo

Tópicos Similares:

Voltar para Ubuntu na área

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes