Bem-vindo: Qui, 23 de Novembro 2017, 17:22 Pesquisa avançada

Adeus Ubuntu... Olá Debian :)

Esta secção do Forum é dedicada à partilha de xperiências com o nosso sistema. Você utiliza um determinado conjunto de programas (e de uma determinada maneira) para aumentar a sua produtividade, então partilhe essa informação!

Re: Adeus Ubuntu... Olá Debian :)

Mensagempor Marlom Jobsom » Seg, 17 de Fevereiro 2014, 22:47

Faz sentido presar pela versão mais antiga, neste caso, madura e estável do kernel.
Você sabe de algum link, artigo, apostila, qualquer indicação para os passos iniciais com o Debian? Estou mesmo curioso em testá-lo.

Marlom Jobsom
 
Mensagens: 137
Registrado em: 14 Agosto, 2012

Re: Adeus Ubuntu... Olá Debian :)

Mensagempor Claudio Novais » Seg, 17 de Fevereiro 2014, 22:54

Desconheço, mas pode sempre pedir ajuda aqui no Fórum. Há várias pessoas que aqui participam que utilizam o Debian! ;)

Deixe ver o que eles dizem desde já aqui neste tópico! ;)
Avatar do usuário
Claudio Novais
Editor do Ubuntued
 
Mensagens: 16869
Registrado em: 25 Maio, 2011

Re: Adeus Ubuntu... Olá Debian :)

Mensagempor Luis Cardoso » Seg, 17 de Fevereiro 2014, 23:15

Marlom Jobsom (17-02-2014, 21:23) escreveu:O debate despertou em mim a curiosidade para testar o Debian.

Baixei o CD 1 amd64 da última versão, 7.4.0 (Squeeze).
O primeiro "problema" que notei foi os drivers nativos não funcionar. Outro detalhe que não entendi foi a versão do Kernel ser 3.2. O Ubuntu 12.04.3 usa o 3.8.
Baixei o drive da placa gráfica e outro problema. Não consigo extrair o zip. O gerenciador de arquivos não abre, diz faltar o Zip. Nem este consigo instalar via terminal.

Parei de usar e vim aqui pedir ajuda :D

Acredito tudo isso ser dificuldades de principiantes. Por isso, alguém pode me indicar os passos iniciais de configuração deste sistema e as PPAs adequadas ao mesmo? :yeah:

Veja aqui se este site lhe resolve o problema:

E já que está nesse site, explore aquilo, porque tem lá uma boa documentação, com a qual já aprendi algumas coisitas xD Também tem parte da documentação em Português.
ImagemImagem
«Escolhe um trabalho de que gostes, e não terás que trabalhar um só dia na tua vida» - Confúcio
Avatar do usuário
Luis Cardoso
Redator
 
Mensagens: 10455
Registrado em: 26 Maio, 2011
Localização: Portugal

Re: Adeus Ubuntu... Olá Debian :)

Mensagempor Luis Cardoso » Seg, 17 de Fevereiro 2014, 23:20

Para quem não quer ter dores de cabeça a configurar/instalar drivers, pode sempre optar pela dica do Lobo L:
Lobo L 17:38 escreveu:Para os novatos que estão tendo problemas com firmware (drivers) no Debian, saiba que existe solução e o melhor em DVD live,agora é só chutar o Ubuntu de vez,kkkkkkkkk
http://linuxdicasesuporte.blogspot.com. ... .html#more


Preciso atualizar o blog,mas aqui o link para se baixar as iso atualizadas
http://cdimage.debian.org/cdimage/unoff ... e+nonfree/
ImagemImagem
«Escolhe um trabalho de que gostes, e não terás que trabalhar um só dia na tua vida» - Confúcio
Avatar do usuário
Luis Cardoso
Redator
 
Mensagens: 10455
Registrado em: 26 Maio, 2011
Localização: Portugal

Re: Adeus Ubuntu... Olá Debian :)

Mensagempor tarciozemel » Seg, 17 de Fevereiro 2014, 23:49

Recentemente também mudei de Ubuntu para Debian e, assim como todos comentando por aqui, só tive vantagens e benefícios! Na verdade, sou novo no mundo Linux (agora tenho pouco mais de 1 ano) e iniciei com Ubuntu porque a maioria diz que é o "mais fácil"...

Ele até que não ia mal no meu PC (Core2Duo E4600 com 4GB de RAM), mas, certamente, o Debian está indo bem melhor - inclusive com o driver NVIDIA. Para se ter uma ideia, inicio alguns programas junto ao sistema e, ainda assim, é consumido menos de 300MB ao iniciar (uso Gnome).

A única coisa que sinto falta é o Dash do Unity (principalmente para acessar menus dentro dos programas), mas não justificaria manter um sistema inteiro mais pesado em função deste único recurso.

Recomendo a mudança! Debian ruleZ! B-)
Avatar do usuário
tarciozemel
 
Mensagens: 3
Registrado em: 11 Dezembro, 2012

Re: Adeus Ubuntu... Olá Debian :)

Mensagempor Victor » Ter, 18 de Fevereiro 2014, 3:16

Eu amei o Ubuntu com o Unity, mas depois odiei, não acho a interface adequada para um desktop. Gostava de usar Debian mas da ultima vez tive problemas com alguns drivers. Então achei uma solução que me satisfaz plenamente, uso Xubuntu há cerca de 2 anos. É muito mais leve e com um pouco de paciência, também fica bem bonito. :obvio:

Cumprimentos a todos :yeah:
Avatar do usuário
Victor
 
Mensagens: 4
Registrado em: 13 Fevereiro, 2012
Localização: Mealhada - Portugal

Re: Adeus Ubuntu... Olá Debian :)

Mensagempor Claudio Novais » Ter, 18 de Fevereiro 2014, 10:39

Olá Victor,

Por acaso eu fui exatamente o contrário. Tive uma enorme resistência em experimentar o Unity. não gostava do visual nem da maneira tão apple que ele se apresentada. No entanto, depois de utilizar a primeira semana quis usar a segunda e assim sucessivamente.

Na minha opinião, e claro que isto é muito subjetivo, até discordo com você sobre a questão de não ser adequado. Uma vez que se poupa espaço vertical ao eliminar a barra de menus e a barra de título quando maximizado, eu dou muito valor a esta interface. Tem outros pormenores como a HUD e os cliques nos ícones da barra que também gosto.

Mas lá está, é algo subjetivo e por isso é que existe várias interfaces ;)
Avatar do usuário
Claudio Novais
Editor do Ubuntued
 
Mensagens: 16869
Registrado em: 25 Maio, 2011

Re: Adeus Ubuntu... Olá Debian :)

Mensagempor Victor » Qua, 19 de Fevereiro 2014, 3:53

Olá Claudio

Sim eu sei que o aproveitamento de todo o espaço vertical é útil, especialmente em tablets laptops, ou monitores pequenos, dispositivos para os quais acho o Unity mais direcionado.
Alias não é só o espaço vertical, o horizontal também pode ser totalmente aproveitado, usando a opção de auto ocultar a barra lateral do Unity. No meu caso como tenho um monitor de 22 polegadas isso não me faz grande diferença.

Na altura um jogava um jogo o Guild Wars, (passe a publicidade), na versão 12.04 corria sem problemas alguns, mas na versão seguinte, apareceu um problema estranho, cada vez que eu queria minimizar o jogo, afim de pesquisar por exemplo a localização de terminados objetivos, o ícone com a janela minimizada não aparecia na barra lateral do Unity. Tinha de sair do jogo para depois voltar a entrar.

Queimei muita pestana lendo tópicos sobre o assunto, e vi que havia mais pessoal com o mesmo problema, que estaria relacionado com o facto, de ter sido retirado do Unity, a opção de minimizar todas as janelas abertas no ambiente de trabalho, já foi há algum tempo mas penso que era isso.

Então resolvi experimentar o Xubuntu e aí o game corria beleza, e podia minimizá-lo sem problema. Outras caraterísticas que me fascinaram no Xubuntu foi a sua fluidez e rapidez.

Muito pessoal abandonou o Ubuntu, e migrou para sistema como o Mint, simplesmente porque não se conseguiam adaptar ao facto, de não haver um acesso rápido ao software e a todas as funcionalidades. Se não se soubesse o nome da aplicação, ficava meio confuso procurá-la através do Dash. A Cairo Dock resolvia o problema, mas não ficava muito bem esteticamente, junto com a barra lateral. Nunca percebi a teimosia da Canonical, em não colocar um acesso rápido ao software instalado. Agora penso que isso já está mais facilitado usando aplicativos como o Alacarte.

Como já deixei de jogar, quando sair a 14.04 LTS, sou capaz de tentar novamente o Unity, até lá amo o meu Xubuntu 8)

Bom para terminar, peço desculpa pela extensão deste meu post :roll:

Cumprimentos
Avatar do usuário
Victor
 
Mensagens: 4
Registrado em: 13 Fevereiro, 2012
Localização: Mealhada - Portugal

Re: Adeus Ubuntu... Olá Debian :)

Mensagempor Claudio Novais » Qua, 19 de Fevereiro 2014, 17:00

Não peça desculpa, é ótimo ler estas analises! ;)

Sobre a questão do minimizar, tal como aconteceu com a questão da barra lateral ser passada para o fundo da tela, houve utilizadores que desenvolveram funcionalidades alternativas para o unity para aceitarem tais comportamentos. Na altura funcionavam perfeitamente e tiveram o seu impacto positivo na comunidade, pois havia muita gente que procurava tal comportamento.

O problema é que a Canonical é soberana nas suas decisões e caminhos escolhidos ao ponto de nunca aceitar nada que não vá de encontro ao caminho traçado. Infelizmente isto é claramente desenvolver sem olhar para a comunidade, o que inevitavelmente cria desconforto e consequentemente migrações para outros sistemas tal como você referiu.

Há muitas coisas que a Canonical tem feito mal e a questão de não aceitarem patchs da comunidade é algo que vejo frequentemente a acontecer. Por exemplo um patch muito interessante que nunca foi aceite é a possibilidade de alteração das notificações do Ubuntu. Felizmente os desenvolvedores mantêm mesmo assim a disponibilidade de tal funcionalidade:
Avatar do usuário
Claudio Novais
Editor do Ubuntued
 
Mensagens: 16869
Registrado em: 25 Maio, 2011

Re: Adeus Ubuntu... Olá Debian :)

Mensagempor José Craveiro » Qua, 19 de Fevereiro 2014, 20:09

Já se falou aqui em Drivers, ou a falta deles (de alguns ou muitos de acordo com o caso) após a instalação do Debian e sem dúvida que quando o usei há algum tempo atrás também passei por esse aborrecimento. Considero-me um user que na prática não necessita de muitas coisas no uso diário de um PC, aliás às vezes até fico estupefacto com as alegadas necessidades de muita gente na sua satisfação em programas ou funções extra que as máquinas de propaganda tanto apregoam, enfim, isso é sempre muito subjetivo e nem costumo pronunciar-me sobre isso, agora em relação a "coisas" absolutamente essenciais como por exemplo no acesso à rede via wireless, entre muitos outros, que já não é uma questão de as poder usar no Ubuntu, mas que à partida todos avaliariam desta forma, o que é realmente estranho é que a única resposta plausível que se obtém do mundo Debian é que não carrega nas suas versões certos e determinados drivers devido ao facto de não serem livres, mas parece esquecer um aspeto a meu ver fundamental, como é que se pode tornar praticável a execução de um sistema operativo sem que elementos "absolutamente essenciais" como o que referi acima não estarem disponíveis, obrigando o user a embrenhar-se na imensidão de componentes que não garante a facilidade dessa busca?

Não quero com isto dar a entender que o Debian para mim venha a ser uma impossibilidade, nada disso, aliás logo que me seja possível estou disposto a aprender muito sobre o seu funcionamento e todas as suas possibilidades, portanto ainda que isto não passe de um incómodo, vir a usá-lo tornou-se um prioridade pelo menos a médio prazo.
Avatar do usuário
José Craveiro
 
Mensagens: 996
Registrado em: 11 Junho, 2011
Localização: Coimbra

AnteriorPróximo

Tópicos Similares:

Voltar para Testemunhos/Depoimentos

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 3 visitantes