Bem-vindo: Ter, 15 de Outubro 2019, 15:15 Pesquisa avançada

Inventor é ameaçado por criar lâmpada q dura 100 anos

Esta secção é dirigida a todo o tipo de conversas que não se enquadrem nas secções acima. São proibidas conversas com teor racista, religioso, político, pornográfico, violento entre outros semelhantes.

Inventor é ameaçado por criar lâmpada q dura 100 anos

Mensagempor Bitetti » Qua, 24 de Julho 2013, 17:56

Imagem


Artigo do MiniLua http://minilua.com/espanhol-inventa-lampada-que-pode-durar-ate-cem-anos-ameacado/

Não sei se vocês sabem, mas no mundo capitalista vários produtos que compramos têm uma baixa durabilidade quando na verdade deveriam ter uma alta. Pois bem, isso ocorre para que a rotatividade do mercado não diminua o seu ritmo – afinal, que mal tem produzir mais e mais a cada dia? Parece até que temos recursos infinitos… Enfim, saibam que quando essa lógica, chamada de obsolescência programada, tenta ser alterada, algumas consequências podem ocorrer.

Um exemplo disso é o espanhol Benito Muros, ele ignorou a tal obsolescência e decidiu seguir em frente com sua pesquisa para produzir uma lâmpada que dure cerca de cem anos e que pode chegar a economizar cerca de 92% de energia, se comparada às atuais, além disso, ela não se queima quando a acendemos e apagamos diversas seguidas.

Benito conseguiu desenvolver a lâmpada e ela já está quase pronta para ser lançada ao mercado, mas foi nesse ponto em que o “mercado” resolveu dar um aviso ao inventor dizendo que se a tal lâmpada fosse liberada para comercialização, ele e sua família seriam ANIQUILADOS. Isso mesmo, o capitalismo, mais uma vez, matando para proteger o capital e não o mundo, através de menos gasto de energia e tudo o mais – quem precisa do mundo, não é mesmo?

Benito relatou o ocorrido à polícia, mas, apesar de tudo, ele pretende continuar com seu projeto, mesmo com as inúmeras ofertas milionárias que recebeu para que não lançasse o seu produto para o mundo.

A base para sua pesquisa surgiu de um corpo de bombeiros da Califórnia, onde existe uma lâmpada que está acesa há 111 anos. Lá, ele procurou os descendentes de quem havia inventado o aparato e conseguiu os fundamentos de que precisava.

as não pense que o caso de Benito Muros é o único. Sem dúvida existem milhares de outras tecnologias que tiveram o mesmo caso, por exemplo, as primeiras máquinas de lavar e de secar duravam bem mais do que as de hoje, embora a eficiência tenha sido aumentada de forma muito significante, a durabilidade foi deixada de lado justamente por causa da obsolescência programada… Outra coisa: acha mesmo que nenhuma outra fonte de energia renovável já não foi inventada e refreada por comerciantes de petróleo?

Pois bem, acho que já deu para entender que sim, poderíamos estar vivendo em um mundo bem mais sustentável do que vivemos hoje, mas, infelizmente, ganhar dinheiro é mais importante do que se preocupar com a vida.
Avatar do usuário
Bitetti
 
Mensagens: 875
Registrado em: 03 Janeiro, 2012
Localização: São Paulo

Re: Inventor é ameaçado por criar lâmpada q dura 100 anos

Mensagempor Claudio Novais » Qua, 24 de Julho 2013, 18:49

Antes de dar a minha opinião, sugiro vivamente que leiam mais sobre este assunto:

Infelizmente esta é uma realidade tão grande que até os média são afetados!! Se repararem este tipo de informação nunca é abordado. Há uns anos atrás, onde esta "opressão" (nem sei bem porque pus entre aspas visto que é uma realidade) era menor, ainda se via os inventores a apresentarem seus projetos excelentes. Depois disso nunca mais se ouvia falar.

Atualmente nos média nem isso é apresentado, o "problema" é cortado logo pela raiz. Nunca investiguei nada em concreto mas já li em vários locais muitas descobertas que foram compradas pelos donoso do petróleo! Na sua maioria eram projetos de energias renováveis ou energias bastante melhores que o petróleo. O que aconteceu a essas ideias? Foram patenteadas e guardadas na gaveta.

Acho um pouco impensável como nos dias de hoje, depois de tanta tecnologia, ainda estejamos a utilizar algo tão "primitivo" como um motor a gasolina. É algo que funciona muito à base das locomotivas a vapor, com movimento gerado por energia que anda pelas canalizações de forma muito ativa e, diga-se, muito dispendiosa.

Já agora, e voltando ao texto, é inacreditável essa história da lâmpada desses bombeiros. Já tinha lido há uns bons meses sobre ela, que há mais de um século que ela estava ligada. É triste ver isso e saber que as que temos atualmente durante um ano ou dois e pronto, adeus. E vamos todos contentes comprar mais uma.
Avatar do usuário
Claudio Novais
Editor do Ubuntued
 
Mensagens: 16869
Registrado em: 25 Maio, 2011

Re: Inventor é ameaçado por criar lâmpada q dura 100 anos

Mensagempor PedroNakamura » Sáb, 27 de Julho 2013, 23:59

Isso lembra-me do caso da indústria farmacêutica que não inventa curas, apenas remédios que controlam as doenças de forma que os pacientes não tenham seus problemas resolvidos, apenas perdurados para que continuem dependentes de remédios.
Avatar do usuário
PedroNakamura
 
Mensagens: 19
Registrado em: 25 Julho, 2013

Re: Inventor é ameaçado por criar lâmpada q dura 100 anos

Mensagempor Exploit » Seg, 29 de Julho 2013, 3:23

é verdade isso pedro?

há remédios que curam.. por exemplo um antibiótico resolve
Avatar do usuário
Exploit
 
Mensagens: 1297
Registrado em: 31 Agosto, 2011

Re: Inventor é ameaçado por criar lâmpada q dura 100 anos

Mensagempor Claudio Novais » Seg, 29 de Julho 2013, 21:30

Da indústria farmacêutica há muita coisa obscura que se passa que muita gente não imagina. Nem eu! lol. Mas a verdade é que cada vez mais se ouve falar de situações no mínimo "complicadas" que se passam na luta entre empresas farmacêuticas. Portanto isso que é dito não me admiraria, no entanto, curar algo definitivamente também não deve ser algo assim tão simples de descobrir.

Já no campo dos câncros (cancer para os brasileiros) é outra história. Há muitas teorias da conspiração sobre determinadas investigações que foram abafadas. Será que eram curas verdadeiras? Não sei. Mas que o estado atual da medicina é "bom" para muitas empresas isso é. Não é bom é para as pessoas que sofrem e morrem. Mas escrúpulos é algo que não existe muito nas indústrias, de seja qual for o ramo.
Avatar do usuário
Claudio Novais
Editor do Ubuntued
 
Mensagens: 16869
Registrado em: 25 Maio, 2011

Re: Inventor é ameaçado por criar lâmpada q dura 100 anos

Mensagempor CelticWarrior » Seg, 29 de Julho 2013, 23:42

Já no campo dos câncros (cancer para os brasileiros) é outra história. Há muitas teorias da conspiração sobre determinadas investigações que foram abafadas. Será que eram curas verdadeiras? Não sei.

Não, não eram e não são infelizmente (ou felizmente). E não o digo por ser 'lacaio da indústria' camo me chamaram já um par de vezes em discussões semelhantes. Felizmente (ou infelizmente ;) ) nunca recebi um cêntimo sequer dessa famigerada indústria ou de qualquer outra, que fique bem entendido. Quem me conhece sabe que sou mais à esquerda que o malogrado Christopher Hitchens e ele declarava-se como trotskysta-rosaluxemburguista portanto... 'nough said. :troll:

Quacks há em todas as áreas da medicina mas sobretudo na oncologia abundam. É precisamente nesta área que há mais aproveitamento do estado emocionalmente frágil de pacientes, família e amigos. Em suma, onde não há esperança um médico honesto deve informar isso mesmo, deve informar que este tratamento - o convencional, radio e quimioterapia - é o melhor que de momento podemos oferecer e que não há qualquer garantia, muito pelo contrário, a grande maioria dos casos similares teve uma esperança média de vida de X... Claro que há remissões inesperadas ou pacientes que sobrevivem muito além do previsto mas estes casos deven ser sempre entendidos como as exceções que confirmam a norma. Atribuir a cura ou prolongamento de vida a entidades sobrenaturais é o extremo do ridículo mas não é menos absurdo atribuir isso a tratamentos 'alternativos'.
E pensem um pouco, basta isso. Na era da internet acham que é assim tão fácil abafar essas cousas se realmente existissem? Vejam-se os casos Wikileaks, Snowden, etc. etc.
Até as religiões, pequenas ou grandes, estão sob um escrutínio ímpar. Basta ver as mais modernas made in USA, Mormonismo e Cientologia ou até aquela caricatura de religião (para, como as demais, ter privilégios fiscais) chamada Novus Spiritus da notória vigarista Sylvia Browne, têm todas as suas sórdidas histórias, descaradas mentiras e abusos discutidas por toda a parte e à luz do dia. Como dizia um amigo, "a internet é o lugar onde as religiões vieram para morrer".
Back on topic... Nas supostas "curas" abafadas só acredita quem não sabe o que o método científico ou o que são ensaios clínicos. Se soubessem facilmente, como eu, entenderiam a razão pela qual não há ninguém a abafar as supostas "curas" mas sim que são os proponentes dessas que passam olimpicamente do método científico e se esquivam dos ensaios clínicos como um vampiro do alho. Nessa classe encontramos o infame "Dr." Burzinsky, uma senhora cujo nome me escapa que tem uma clínica no México (se permanecesse nos EEUU estaria presa). De ambos há abundantes histórias de horror e de sofrimento desnecessário de pacientes - muitas vezes crianças pequenas - e famílias. Assim de memória recordo também um senhor e seu filho, supostamente bioquímicos (creio...) que sem qualquer autorização das entidades competentes, sem qualquer plausibilidade ou sequer um mínimo de racionalidade e sem qualquer respeito pelo direito humano e da criança à dignidade e desenvolvimento equilibrado, administram drogas de castração química a crianças e adolescentes com trissomia 21. Este apenas tangencialmente tem relação com a oncologia - recomenda a mesma terapia conjugada com uma outra 'poção' de sua autoria - mas tem tudo a ver com um fanático/doentio sentimento anti-sexual das seitas fundamentalistas cristãs estadunidenses que são, as famílias, os seus 'clientes'. E tem mais, muito mais, a começar pelo 'movimento anti-vacinas', esses que deveriam ser presos por descarados crimes contra a saúde pública, 'naturopatia' e seus famosos suplementos, homeopatia e derivados aquosos, etc., etc. O que todos estes têm em comum com os anteriores, para além de tentarem vender pseudo-terapias sem qualquer validade científica, é o fato de se auto-denominarem mavericks, anti-sistema, perseguidos pela poderosíssima e impiedosa "Big Pharma" que não quer saber dos doentes (não quer, é verdade, mas isso são outros trezentos...) e que eles, e apenas eles, estão numa cruzada para salvar a Humanidade!!! Era metê-los todos num saco fechado e dar-lhes porrada com um taco de basebol até pararem de ganir!

É que nem por um momento se pense que são uns coitadinhos... De conjunto, esta quackaria representa largos triliões de dólares anualmente. São apenas burgueses contra outros burgueses. A "Big Pharma" é mais rica? Certamente que sim mas esses pelo menos vendem produtos que (mais ou menos) funcionam e que (quase sempre) estão solidamente amparados em ensaios clínicos rigorosos. A "Big Pharma" também tem um lado negro? Certamente que sim e é bem pior do que a maioria das pessoas pensa. Só não é nas áreas onde nos querem fazer crer os teoricistas das conspirações, é mais na área que os afeta diretamente (ou deveria afetar), a da saúde mental. Mas isto já vai longo... Se mais tarde quiserem posso elaborar sobre isso, com conhecimento de causa, por via da etno-psicologia, psiquiatria e neurologia.
Galiza Nação!
Avatar do usuário
CelticWarrior
 
Mensagens: 136
Registrado em: 16 Julho, 2013

Re: Inventor é ameaçado por criar lâmpada q dura 100 anos

Mensagempor Claudio Novais » Ter, 30 de Julho 2013, 0:04

Antes de mais, gostei muito do texto e espero ver mais! :D

Sobre esse ponto de vista, efetivamente faz todo o sentido. Basta um investigador fazer testes e ser bem sucedido nos pacientes. Eles claramente não vão ficar despercebidos na rua onde moram. E até eles próprios nas redes sociais. Portanto, vendo por esse prisma faz sentido o que você diz.

Em todo o caso, podemos ver por outro prisma: este tipo de experiências é feito também com a máxima discrição, não vá alguém copiar a ideia antes de se patentear. E nisso já eu presenciei, apesar de não ser em pessoas, onde quanto menos os outros sabem melhor. Claro que é perfeitamente natural que isto aconteça visto que a indústria farmaceutica é muito concorrida e sempre com valores monetários altíssimos.

Portanto, mesmo sabendo que essa sua hipótese faz muito sentido, não sei até que ponto ela será pura realidade. Já agora, e visto que me parece estar inclinado para esse tipo de informação, o que tem a dizer sobre isto?
Avatar do usuário
Claudio Novais
Editor do Ubuntued
 
Mensagens: 16869
Registrado em: 25 Maio, 2011


Re: Inventor é ameaçado por criar lâmpada q dura 100 anos

Mensagempor CelticWarrior » Ter, 30 de Julho 2013, 1:17

@Claudio

Não sou oncologista nem perto disso. Pela pouco informação sobre essa nova terapia parece-me que é apenas uma melhoria do que já existe e como tal, até ver, não vejo nada de mal. <e que se experimente é sempre bom desde que se respeitem as regras. Essa fundação e sobretudo o senhor que lhe deu o nome é que não me inspira confiança nenhuma mas enfim, esperar para ver.
Para todas as questões relacionadas com a oncologia recomendo sempre a pessoa da minha máxima confiança: Dr. David Gorsky. http://www.sciencebasedmedicine.org/author/david-gorski/. Este blog é um dos melhores para encontrar informação independente, de céticos e para céticos. Assim mesmo há que praticar a crítica e a auto-crítica. Por exemplo, tenho grandes pontos de discordância com o meu amigo fundador do blog, Dr. Steven Novella e quanto à Dra. Harriet Hall, apesar de lhe reconhecer grande mérito e lucidez em muitos textos, simplesmente não suporto o facciosismo (e a auto-desculpabilização) dela quando discute a circuncisão. Ademais responde infantil e arrogantemente a qualquer crítica que se lhe faça e cita demasiadas vezes fontes muito duvidosas*, por isso cuidado ao ler.

@Pedro
Apesar do que disse acima eu não discordo do Richard J. Roberts. Apenas considero que nessa entrevista faltou-lhe talvez foco pois confluiu cousas que não estão diretamente relacionadas umas com as outras. As questões são outras:
Sabendo que a indústria farmacêutica se interessa apenas pelo lucro - os "outros trezentos" como referi acima - e que por isso simplesmente se porta de acordo com o sistema onde prolifera, que fazer?
Acha possível evitar essa deriva numa economia capitalista? Não lhe parece que a única solução é uma revolução brutal? Brutal no sentido da sua dimensão e alcance, entenda-se, nunca no sentido da violência que é de evitar a todo o custo? Como corolário, relativamente ao que nos toca de perto, acha possível manter assim esta Europa do Capital? Tem outras sugestões? Venham elas...
Agora nada disso invalida que por a indústria ser assim a alternativa seja dar rédea solta à quackaria...


* Basicamente fontes de circunfetichistas? Pois, eu também não sabia que existiam mas existem e até estão organizados nas vielas escuras, no underground da net. É um grupo relativamente pequeno mas com distúrbios profundos. A Dra. Hall cometeu o, quanto a mim, gravíssimo erro de usar um desses websites como referência principal e quase única num dos seus textos. O grupo dedica-se a trolar blogs usando inúmeras contas mas sempre para contar os horrores do prepúcio e as maravilhas do orgão mutilado e a editar obsessivamente entradas na Wikipedia, apagando a ciência e (re-)introduzindo a pseudo... Também ao mesmo grupo estava ou está associada uma editora propriedade de um senhor desses que está agora preso por crimes de abusos de crianças, lenocínio, posse e produção de pornografia infantil mesmo harcore e outras cousas banais tipo fuga ao fisco.
Galiza Nação!
Avatar do usuário
CelticWarrior
 
Mensagens: 136
Registrado em: 16 Julho, 2013

Re: Inventor é ameaçado por criar lâmpada q dura 100 anos

Mensagempor Exploit » Ter, 30 de Julho 2013, 3:37

assutador 8|
Avatar do usuário
Exploit
 
Mensagens: 1297
Registrado em: 31 Agosto, 2011

Próximo

Tópicos Similares:

Voltar para Seja livre e converse! [OFF-TOPIC]

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Google [Bot] e 120 visitantes